Ciclo de palestras sobre terneiros chega à Expointer. Iniciativa será uma das atrações da Oficina de Bovinocultura de Corte, do SENAR-RS

Fórum Permannente do Agronegócio/Bagé/Terneiros

Após seis anos e mais de 20 edições no Interior gaúcho, o programa “De onde virão os terneiros?” chega à Expointer através da Oficina de Bovinocultura de Corte do SENAR-RS. Em um espaço no formato de arena, serão realizadas palestras diárias sobre técnicas de manejo para agregar maior eficiência ao rebanho de terneiros e expectativas do mercado de produção, além de um resgate histórico da iniciativa que já reuniu mais de 20 mil produtores rurais pelo Estado. A ação integra o Fórum Permanente do Agronegócio, realizado em parceria com o Sistema Farsul e Casa Rural. A estrutura estará localizada no Pavilhão de Ovinos e Bovinos de Corte da feira.

Sabendo da importância que a bovinocultura representa à economia do Estado, o SENAR-RS decidiu levar pela primeira vez a iniciativa à Expointer para difundir conhecimento técnico e apresentar parte das ações já realizadas desde a criação do programa. Ao longo de todas as suas edições, o “De onde virão os terneiros?” vem levantando temas específicos, com a participação de especialistas, a fim de debater o desenvolvimento da pecuária de precisão. Dirigido a criadores, a iniciativa já circulou em todas as regiões produtivas do RS.

No espaço montado na Expointer 2018, o público poderá conferir diariamente quatro palestras, às 10h, 11h30, 13h30 e 16h, com duração de 20 minutos cada. Técnicos do SENAR-RS irão tratar de temas referentes à produção de terneiros, como Estratégias de Desmame, Bem-estar Animal, Melhoramento Genético, Seleção de Touros Melhoradores, entre outros. Após a apresentação dos instrutores, haverá um período dedicado a perguntas dos visitantes. A arena contará com um telão para ilustração das informações abordadas, além de painéis com imagens de diferentes edições do ciclo realizadas no Interior.

Outro destaque da Oficina de Bovinocultura de Corte do SENAR-RS na feira será o espaço voltado ao Controle do Carrapato, com abordagem de estratégias de prevenção à Tristeza Parasitária Bovina. No local, os técnicos prestarão atendimentos individualizados ao público e em grupo, explicando detalhes do parasita e de como ataca o gado. Serão tratados temas como o biocarrapaticidograma, exame para avaliar a sensibilidade de carrapatos encontradas nas propriedades de criação bovina. O público também receberá informações a respeito da elaboração e aplicação correta de carrapaticidas, ciclo de vida do carrapato e coleta de amostras do parasita para testes de sensibilidade.

No mesma estrutura da Oficina, haverá um espaço dedicado ao Planejamento Forrageiro Anual, que apresentará técnicas para manejo de pasto voltado à alimentação de ovinos e bovinos. Serão abordados pontos como potencialização do uso do solo, espécies ideais para pastagem, alturas de manejo, valores nutricionais e cultivo integrado à pecuária e à lavoura. As informações também serão ministradas por técnicos do SENAR-RS.

Programação do ciclo de palestras “De onde virão os terneiros?”
– Oficina de Bovinocultura de Corte

Sábado 25/8
10h00 – Complexo Carrapato – Tristeza Parasitária Bovina
11h30 – Manejo e Bem-Estar Animal
13h30 – Manejo de Campo Nativo
16h00 – Touros geneticamente superiores para o melhoramento do rebanho

Domingo 26/8
10h00 – Genética para o aumento da produtividade e qualidade do produto
11h30 – Estratégias de Desmames de Bovinos de Corte
13h30 – Manejo e Bem-Estar Animal
16h00 – Pastagens Cultivadas – Integração Lavoura Pecuária

Segunda-feira 27/8
10h00 – Manejo de Campo Nativo
11h30 – Manejo e Bem-Estar Animal
13h30 – Complexo Carrapato – Tristeza Parasitária Bovina
16h00 – Touros geneticamente superiores para o melhoramento do rebanho

Terça-feira 28/8
10h00 – Manejo e Bem-Estar Animal
11h30 – Genética para o aumento da produtividade e qualidade do produto
13h30 – Pastagens Cultivadas – Integração Lavoura Pecuária
16h00 – Estratégias de Desmames de Bovinos de Corte

Quarta-feira 29/8
10h00 – Touros geneticamente superiores para o melhoramento do rebanho
11h30 – Complexo Carrapato – Tristeza Parasitária Bovina
13h30 – Manejo de Campo Nativo
16h00 – Manejo e Bem-Estar Animal

Quinta-feira 30/8
10h00 – Estratégias de Desmames de Bovinos de Corte
11h30 – Genética para o aumento da produtividade e qualidade do produto
13h30 – Manejo e Bem-Estar Animal
16h00 – Pastagens Cultivadas – Integração Lavoura Pecuária

Sexta-feira 31/8
10h00 – Touros geneticamente superiores para o melhoramento do rebanho
11h30 – Manejo e Bem-Estar Animal
13h30 – Manejo de Campo Nativo
16h00 – Complexo Carrapato – Tristeza Parasitária Bovina

Sábado 1º/9
10h00 – Pastagens Cultivadas – Integração Lavoura Pecuária
11h30 – Estratégias de Desmames de Bovinos de Corte
13h30 – Manejo e Bem-Estar Animal
16h00 – Genética para o aumento da produtividade e qualidade do produto

Domingo 2/9
10h00 – Manejo de Campo Nativo
11h30 – Touros geneticamente superiores para o melhoramento do rebanho
13h30 – Complexo Carrapato – Tristeza Parasitária Bovina
16h00 – Manejo e Bem-Estar Animal

Comentários